Prémios da 28.ª jornada

A jornada 28 foi surpreendente: o Chelsea marcou antes dos dez minutos de jogo!

Pochettino está progredindo ou é porque enfrentou o Newcastle, cuja defesa é notoriamente ruim nesta temporada?

Seja qual for o caso, esse é definitivamente um momento digno de nota, assim como os muitos momentos que testemunhamos em uma divertida semana de jogo.

Aqui estão os nossos prémios da jornada após a acção da semana 28.

Melhor Jogador – Son Heung-Min

Já faz algum tempo que o internacional sul-coreano não se destaca em uma partida da Premier League. Porém, ele escolheu a melhor semana para fazer isso.

O Tottenham Hotspur viajou para o escaldante Villa Park do Aston Villa e destruiu o futebol que Unai Emery tem jogado nas últimas semanas, que rendeu tantos pontos e gols.

O orquestrador de tudo foi o capitão Son do Spurs, que ganhou o prêmio de Jogador da Semana.

Melhor onze

O Arsenal está mais uma vez no topo da tabela, mas desta vez não o fez ultrapassando o adversário.

O rival londrino Brentford realmente os segurou, mas eles prevaleceram no final . Como tal, apenas alguns dos seus jogadores conseguem entrar na nossa Equipa da Semana, quebrando uma sequência de três semanas de domínio.

Por outro lado, os jogadores do Liverpool, especialmente o capitão Virgil Van Dijk, também foram fenomenais no jogo contra o Manchester City.

Aqui estão nossos melhores XI de todos os jogos da semana 28.

Goleiro: Caoimhín Kelleher – Liverpool

DF: Virgil Van Dijk – Liverpool

DF: Rayan Aït-Nouri – Wolverhampton Wanderers

DF: Ben White – Arsenal

DF: John Stones – Manchester City

Mestre: Wataru Endo – Liverpool

Ler:  Corrida pelo título da Premier League: o segundo lugar seria um desastre para o Arsenal?

CM: Alexis Mac Allister – Liverpool

CM: Cole Palmer-Chelsea

AM: Kai Havertz – Arsenal

CF: Son Heung-Min – Tottenham Hotspur

CF: Dango Ouatarra – AFC Bournemouth

Melhor gol

David Datro Fofana, ao ver o caminho para o gol, tentou passar um companheiro, mas o passe foi bloqueado de volta para ele.

Então, pensando em pé, ele optou por passar por dois zagueiros do West Ham United e desferir um chute que atingiu o canto superior esquerdo a 25 metros de distância.

Nosso gol da semana é um chute brilhante com pouco backlift e backspin, atravessando o ar e ultrapassando Alphonse Areola no gol do West Ham, cortesia de Datro Fofana, do Burnley. O emprestado do Chelsea já marcou três gols em apenas sete jogos pelo Burnley nesta temporada.

Nicolas Jackson, cuidado!

Melhor jogo

Claro, Liverpool x Manchester City é o nosso jogo da semana.

Jürgen Klopp e Pep Guardiola entregaram sua obra-prima após sete anos de confronto. A mídia tornou-se lírica, os torcedores ficaram maravilhados e até os jogadores se parabenizaram por atuações tão incríveis.

Estamos tristes por não testemunharmos isso novamente. Esperemos que o próximo treinador do Liverpool consiga manter este ritmo na próxima temporada.

Melhores estatísticas

Cole Palmer marcou e ajudou na vingança do Chelsea contra o Newcastle United na semana 28.

Isso é normal, não? Mas se você considerar o fato de que ele marcou e deu assistência em cinco jogos diferentes no campeonato nesta temporada, mais do que qualquer outro jogador, você concordará que esta é uma estatística digna de reconhecimento.

Tiramos o chapéu para Palmer, que está florescendo desde que deixou a sombra de Kevin De Bruyne no Manchester City.

Ler:  Pode Antonio Conte finalmente acabar com a seca de troféus do Tottenham?

Melhor/pior decisão VAR

O melhor jogo da semana também produziu o momento VAR da semana. O júri ainda não decidiu, mas é aquele que poderá decidir o vencedor da liga em maio.

O Liverpool teve um pedido de pênalti negado depois que o VAR e os árbitros em campo decidiram que o chute alto do ala do Man City, Jeremy Doku, sobre Alexis Mac Allister, do Liverpool, não era digno de punição com um pênalti. O extremo escapou sem sequer cartão e a partida terminou empatada.

Será que o Arsenal vencerá o campeonato como resultado desta decisão importante que não foi tomada? Descobriremos em maio!

Melhor Substituição

O West Ham United estava a caminho de perder para o Burnley em casa, depois de uma partida brilhante na UEFA Europa League.

Os fãs já estavam furiosos, então David Moyes jogou sua mão. Ele trouxe o ex-atacante do Burnley, Danny Ings, que marcou o empate no minuto final para salvar um ponto e seus rubores.

Esta substituição ganha nosso prêmio de Melhor Substituição da Semana.

Momento mais engraçado da semana de jogos

Danny Ings contra Burnley sempre será cômico, não por motivos cômicos, mas pelo fato de sempre causar dor.

Desde que os deixou em 2015, Ings sempre marcou ou deu assistências em todos os times que jogou contra eles. Ele fez isso novamente na semana 28, que até os fãs de Burnley tiveram que rir.

É o ódio ou a raiva que move o rapaz? Não podemos dizer, mas sua participação especial no jogo West Ham x Burnley, junto com os memes resultantes, é o nosso momento mais engraçado da semana.

 

Share.
Leave A Reply