Os 10 transferências mais caras da história da Premier League

 

A Premier League é conhecida por seus grandes gastos quando se trata de transferência de jogadores. Com negócios gigantescos de patrocínio e transmissão, a liga atrai talentos de alto nível e os clubes têm o poder financeiro para fazer contratações caras. Neste artigo, vamos dar uma olhada nas 10 transferências mais caras da história da Premier League.

 

Jadon Sancho – €85 milhões (do Dortmund para o Man Utd, 2021)

O Man Utd finalmente contratou Jadon Sancho do Borussia Dortmund no verão de 2021 após uma longa novela de transferência. Inicialmente avaliado em €100 milhões, o Dortmund acabou aceitando €85 milhões. A forma e a condição física de Sancho foram questionadas, e ele foi deixado de lado pelo técnico do Man Utd, Erik ten Hag, em setembro de 2023.

 

Harry Maguire – €87 milhões (do Leicester City para o Man Utd, 2019)

O Man Utd quebrou o recorde de defensor mais caro ao contratar Harry Maguire do Leicester City. Ele rapidamente se tornou o capitão permanente e um titular regular no time. No entanto, ele perdeu a braçadeira de capitão antes da temporada 2023-24 e enfrentou concorrência por sua posição.

 

Josko Gvardiol – €90 milhões (do RB Leipzig para o Man City, 2023)

Josko Gvardiol atraiu interesse de clubes de ponta em todo o mundo, e o Manchester City gastou €90 milhões para adquiri-lo do RB Leipzig. Ele é conhecido por sua versatilidade, podendo jogar tanto como lateral esquerdo quanto zagueiro central.

 

Antony – €95 milhões (do Ajax para o Man Utd, 2022)

O Man Utd contratou Antony do Ajax na maior negociação já concluída no último dia da janela de transferências de verão. O preço de €95 milhões chamou a atenção, mas Antony não correspondeu às expectativas em sua primeira temporada em Old Trafford.

Ler:  Porque é que o Arsenal vai levantar o troféu da Premier League esta época

 

Paul Pogba – €105 milhões (da Juventus para o Man Utd, 2016)

Paul Pogba fez um retorno altamente divulgado ao Man Utd em 2016 por uma taxa de transferência recorde na época. Apesar de algumas atuações memoráveis, ele foi criticado por sua inconsistência. Eventualmente, ele retornou à Juventus em outra transferência gratuita em 2022.

 

Romelu Lukaku – €113 milhões (da Inter para o Chelsea, 2021)

Após passagens por Everton, Man Utd e Inter, Romelu Lukaku voltou para o Chelsea em 2021. No entanto, seu tempo no Chelsea tem sido tumultuado, com empréstimos para Inter e Roma. O clube ainda não viu um retorno significativo em seu investimento de €113 milhões.


 

 

Moises Caicedo – €116 milhões (do Brighton para o Chelsea, 2023)

Moises Caicedo foi fortemente disputado tanto pelo Liverpool quanto pelo Chelsea durante a janela de transferências de verão de 2023. O Chelsea conseguiu garantir sua assinatura, e ele foi visto como a adição perfeita ao meio-campo.

 

Declan Rice – €116,6 milhões (do West Ham para o Arsenal, 2023)

O Arsenal quebrou seu recorde de transferência com a contratação de Declan Rice em 2023. O jovem meio-campista escolheu o Arsenal em vez do Man City, e deixou o West Ham em alta, depois de tê-los capitaneado para a glória da Europa Conference League.

 

Jack Grealish – €177,5 milhões (do Aston Villa para o Man City, 2021)

Jack Grealish chamou a atenção do Manchester City e do Manchester United com suas atuações pelo Aston Villa. No final, o Man City o contratou por uma taxa recorde britânica na época. Grealish desempenhou um papel crucial na conquista da tríplice coroa em sua segunda temporada no clube.

Ler:  5 jogadores o United devem assinar este verão

 

Enzo Fernandez – €121 milhões (do Benfica para o Chelsea, 2023)

 

Enzo Fernandez se tornou a chegada britânica mais cara na história das transferências ao se juntar ao Chelsea vindo do Benfica. O jovem argentino impressionou na Copa do Mundo de 2022, e o Chelsea gastou uma fortuna para garantir sua contratação.

 

Share.
Leave A Reply