Jogadores EPL no EURO 2024 – Dia 8

Ontem realizaram-se outros três jogos no EURO, incluindo o primeiro 0-0 do torneio. Como parte do nosso relatório EPLNews EURO 2024, aqui está o desempenho dos jogadores da Premier League nestes jogos.

Eslováquia 1-2 Ucrânia

O primeiro jogo de ontem viu a Ucrânia recuperar de desvantagem e vencer a Eslováquia, complicando ainda mais este fascinante Grupo E.

Depois do golo inaugural de Ivan Schranz na primeira parte, a Ucrânia recuperou na segunda e marcou através de Mykola Shaparenko e Roman Yaremchuk para conquistar os primeiros pontos no EURO.

Em termos de jogadores da EPL, a Eslováquia convocou Martin Dúbravka para começar na baliza, enquanto a Ucrânia contou com Illia Zabarnyi, Oleksandr Zinchenko e Mykhailo Mudryk, que faziam parte do onze inicial. O lateral-esquerdo do Arsenal também deu assistência para o gol do empate.

Avaliações

Eslováquia: Martin Dúbravka (Newcastle) – 6

Ucrânia: Illia Zabarnyi (Bournemouth) – 7; Oleksandr Zinchenko (Arsenal) – 8; Mykhailo Mudryk (Chelsea) – 7

Destaques e reações podem ser conferidos clicando aqui .

Polónia 1-3 Áustria

A Áustria dominou a Polónia num jogo de vida ou morte no grupo D e deu-se a oportunidade de seguir em frente com uma vitória por 3-1 que contou com três jogadores da Premier League, todos pela Polónia.

Os defesas Jan Bednarek e Jakub Kiwior começaram o jogo pelos polacos, enquanto Jakub Moder entrou no intervalo.

Infelizmente para a sua equipa, nenhum deles se deu bem, deixando a Polónia a precisar de um milagre na última jornada para ter hipóteses de continuar no torneio.

Avaliações

Polônia: Jan Bednarek (Southampton) – 6; Jakub Kiwior (Arsenal) – 5,5; Jakub Moder (Brighton) – 6

Áustria: N/A

Ler:  Jogos EPL 2024/25 lançados

Para destaques e reações, clique aqui .

Holanda 0-0 França

Foi esta batalha dos pesos pesados que nos trouxe o primeiro empate em branco no EURO 2024. Apesar do resultado, ainda foi uma partida agitada, maioritariamente dominada pela selecção francesa. O maior ponto de discussão da partida foi a decisão do VAR de anular um gol de Xavi Simons no segundo tempo devido ao fato de Denzel Dumfries estar em posição de impedimento e ter interferido no jogo, apesar de não ter bloqueado a visão da ação do goleiro francês Mike Maignan.

Quanto ao envolvimento dos jogadores do Prem, o técnico holandês Ronald Koeman utilizou Bart Verbruggen, o capitão Virgil van Dijk, Nathan Ake e Cody Gakpo no onze inicial. O único jogador francês da EPL foi William Saliba, desde o início. Todos os cinco jogaram os 90 minutos completos desta partida.

Suas atuações foram boas em sua maior parte, mas não espetaculares, com apenas Ake jogando com um padrão um pouco inferior ao do resto do contingente da Premier League.

Avaliações

Holanda: Bart Verbruggen (Brighton) – 7,5; Virgil van Dijk (Liverpool) – 7,5; Nathan Ake (Manchester City) – 6,5; Cody Gakpo (Liverpool) – 7

França: William Saliba (Arsenal) – 7,5

Clique aqui para reações e destaques deste jogo.

Share.
Leave A Reply