Relatório Brighton x Chelsea

Artilheiros : Palmer 34′, Nkunku 64′; Welbeck 90+8′

Cartão vermelho : James 88′

O Chelsea continuou o ressurgimento no final da temporada ao garantir a quarta vitória consecutiva na Premier League, derrotando o Brighton & Hove Albion por 2 a 1 no Amex Stadium.

Este resultado deixa os Blues mais perto de garantir uma vaga nas competições europeias, demonstrando o progresso que fizeram sob o comando do técnico Mauricio Pochettino.

Domínio inicial e meta de abertura

O jogo começou com muita intensidade, com o Chelsea rapidamente afirmando o seu domínio. A tentativa inicial de Noni Madueke foi um sinal do que estava por vir, já que ambas as equipes procuravam se afirmar ofensivamente.

Foi o Chelsea quem abriu o marcador; Cole Palmer, recentemente eleito Jogador do Ano do Chelsea, executou uma cabeçada brilhante após assistência de Marc Cucurella para dar a liderança ao seu time.

Este golo destacou a eficiência táctica que o Chelsea desenvolveu, capitalizando as suas oportunidades com precisão clínica.

Polêmica e decisões VAR

A partida teve suas polêmicas, principalmente envolvendo uma potencial cotovelada de Tariq Lamptey em Mykhaylo Mudryk, o que levou a discussões significativas sobre a intervenção do VAR, ou a falta dela.

Este incidente, e a não convocação, mantiveram o jogo em suspense, aumentando o drama do primeiro tempo, que terminou com o Chelsea à frente por pouco.

Segundo tempo: Chelsea fecha o acordo

O Chelsea continuou a desperdiçar oportunidades na segunda parte, com Nicolas Jackson a não conseguir converter oportunidades importantes.

No entanto, a persistência valeu a pena quando Malo Gusto e Christopher Nkunku combinaram lindamente, com Nkunku a marcar para aumentar a vantagem do Chelsea. Este golo foi crucial, pois deu ao Chelsea uma vantagem confortável, o que se revelou necessário quando o Brighton recuperou no final do jogo.

Ler:  Southampton VS Aston Villa: Visitantes a continua a sua forma recente

A onda tardia de Brighton

Brighton fez uma jogada tardia nos minutos finais da partida. Danny Welbeck conseguiu reduzir, criando um final tenso, especialmente depois que o capitão do Chelsea, Reece James, foi expulso por má conduta.

Apesar dos esforços do Brighton, incluindo uma rebatida de Ansu Fati na trave, o Chelsea se manteve firme e garantiu os três pontos.

A vitória leva o Chelsea ao sexto lugar na tabela do PL, logo atrás do Tottenham e com chances realistas de ultrapassá-lo.

Para o Brighton, a derrota é um revés, já que pretendem garantir um lugar na primeira metade, marcando um final decepcionante para as suas esperanças de campanhas europeias consecutivas.

À medida que a temporada chega ao fim, o sucesso tardio do Chelsea sob a orientação de Pochettino oferece esperança para um final forte e potenciais aventuras europeias na próxima temporada.

Para mais informações sobre o resultado deste jogo, você também pode visitar:
Brighton x Chelsea, 2023/24 | Liga Premiada 

Share.
Leave A Reply