O Chelsea Football Club é um dos maiores clubes da Inglaterra e da Europa. O clube produziu alguns dos melhores jogadores que o mundo já teve.

No entanto, continuam desiludidos com a forma como uma determinada posição parece amaldiçoada.

O clube tem apresentado alguns dos melhores avançados do futebol mundial. Nomes como Didier Drogba, Jimmy Floyd Hasselbaink, Herman Crespo e Diego Costa esculpiram uma história de sucesso no clube. Estão entre os poucos selecionados para carimbar a sua autoridade em campo e marcar muitos golos para o clube.

O Chelsea é conhecido por ir atrás dos melhores avançados e até ir em frente para assiná-los, acontece principalmente que eles não se encaixam no clube e não fazem uma impressão.

De Pierluigi Casiraghi a Chris Sutton a Tammy Abraham, os avançados do Chelsea parecem não ter o caráter necessário para liderar a equipa. Ironicamente, a maioria dos nomes dos avançados que jogaram no Chelsea e falharam eram jogadores de elite antes de ingressarem no clube ou se tornaram um avançado de elite depois.

Veja-se, por exemplo, Adrian Mutu, que se contratou de Florentina num negócio de 20 milhões de libras, estava a comandar a,liga na Série A antes de subir à Premier League. Veio com tanta promessa, mas não conseguiu corresponder às enormes expectativas.

Outro exemplo interessante é Fernando Torres, um jogador que incendiou a Premier League com os seus inúmeros golos pelo Liverpool. No Chelsea, tornou-se motivo de riso.

Isto levou muitos a acreditar que o Chelsea poderia estar sob alguma maldição voodoo, dadas as circunstâncias dos seus avançados.

No início desta semana, Romelu Lukaku completou o seu regresso ao Inter por empréstimo e muitos adeptos do Chelsea só puderam expressar arrependimento.

Ler:  Jogos marcantes na história da Premier League inglesa: uma visão geral abrangente

O avançado foi trazido por quase 100 milhões de libras do Inter para colmatar a lacuna que Diego Costa há muito tinha deixado vago, mas ficou aquém de todas as expectativas, como muitas outras antes dele.

Existe uma maldição do número 9 no Chelsea ou é simplesmente uma coincidência? Não podemos dizer sobre uma maldição, mas vários avançados sucessivamente não são coincidência. Vamos ver com lógico porque é que muitos atacantes têm lutado com o clube de Londres Ocidental.

O estilo de jogo do Chelsea não se adequa aos seus avançados

Quando se pensa em José Mourinho, o primeiro tipo de avançado que vem à sua mente é Didier Drogba.

Drogba modelou tão perfeitamente o tipo de avançado que Mourinho precisava para que o seu sistema funcionasse e até o trouxe de volta na sua segunda passagem pelo clube.

O Chelsea tem faltado a um avançado assim desde então, e eles tinham algo perto em Diego Costa que era uma verdadeira ameaça a todas as defesas.

No entanto, o espanhol faltou estabilidade e teve problemas de lesão.

Romelu Lukaku sacudiu toda a gente em Stamford Bridge quando deu aquela entrevista à Sky Italia. Afirmou que o estilo de jogo de Tuchel não se adequa e desejou voltar para o Inter.

No entanto, a sua perspetiva poderia ser entendida, pois um jogador da sua qualidade e talento deveria ter mais tempo de jogo e ditar como a equipa joga.

O gerente é o chefe, e tem o poder de impor o que quer. Lukaku enganou-se e isso foi o início do fim para o avançado do clube.

O estilo de jogo do Chelsea tem sido criticado desde o início do século e isso não é novidade para o clube. No entanto, alguns dos seus avançados de elite adaptaram-bem aos as suas estilos de jogo e fez brilhantemente, pelo que a desculpa do estilo de jogo é um pouco nula.

Ler:  A mudança gerencial do Aston Villa de Steven Gerrard para Unai Emery

Grandes Expectativas

Desde que Roman Abramovich assumiu o cargo de dono do clube no início dos anos 2000, as fortunas do clube mudaram. Apesar de já ter vendido o clube, incutiu uma elevada procura de excelência tanto dos jogadores como dos treinadores de que há pouca ou nenhuma margem de erro ou de insucesso.

No seu tempo no clube, o russo despediu tantos treinadores e cancelou os contratos de muitos jogadores. Operava com base numa entrega consistente e qualquer pessoa que não cumprisse as expectativas foi expulsa.

Os fãs não estão isentos desta tendência. Uma vez que o clube teve um enorme sucesso sob Mourinho e ganhou a Liga dos Campeões, o nível de expectativa dos adeptos também subiu tremendamente.

Isto ficou patente na eliminação do Chelsea na última temporada contra o Real Madrid, os adeptos recorreram às redes sociais para mostrar as suas frustrações à equipa, mesmo com o seu desempenho “impressionante” na noite.

Falta de Criadores de Qualidade

Embora alguns dos ilustres jogadores da lista de avançados falhados fossem culpados de perder boas oportunidades, alguns deles têm faltado aos criadores adequados por trás deles.

Não é por acaso que os seus dois últimos melhores avançados foram assistidos por dois dos melhores médios criativos da história recente da Premier League em Cesc Fàbregas e Frank Lampard.

No seu dia, Fàbregas era um super-humano. Teve a capacidade de detetar um passe de longe e é um dos poucos estrangeiros a fazer mais de 100 assistências na liga.

Frank Lampard não precisa de apresentações, um finalizador em série que não só teve a capacidade de rematar à distância, como teve a capacidade de fornecer passes de divisão de defesa.

Ler:  Derrota do Tottenham mostra por que Harry Kane deve sair neste verão

Para um avançado, ter um criador atrás de si é muito importante, mesmo os gostos de Da Lima Ronaldo e Cristiano Ronaldo não teriam marcado tanto como fizeram, se não fosse pelo enorme apoio que obtiveram dos seus médios.

Didier Drogba e Diego Costa foram avançados de primeira classe que causam tremores em todos os seus adversários, mas também beneficiaram dos passes incisivos dos seus médios de qualidade.

Dito isto, quando se olha para Lukaku na época passada, se pode ver um jogador que nao tinha serviço e cruzamentos de qualidade fornecidos a ele.

Os gostos de Mason Mount são, sem dúvida, de qualidade, mas simplesmente não conseguiram dar aos avançados muitas oportunidades de marcar e isso, por sua vez, afetou a saída.

Share.
Leave A Reply